Nova Friburgo de Bicicleta: o evento em prol de mais bicicletas e menos carros nas ruas de Friburgo

Nova Friburgo será tomada pelos ciclistas no dia 27 de junho, quarta-feira, em uma iniciativa de melhoria do trânsito da cidade e do uso de transportes não-motorizados, como as bicicletas.    


   Já virou rotina chegar atrasado em compromissos na cidade de Nova Friburgo. Cada vez mais se escuta de pessoas frases como "estou tendo que sair mais cedo de casa" ou "estou indo por outro caminho para evitar o trânsito". Sim! Esta é a situação de Nova Friburgo. Carros e mais carros, ônibus, caminhões, motos e mais carros, mais uma vez ônibus e mais carros e carros e carros... e por aí vai. Afinal, parece que não acabam os carros nesta cidade.
    Em uma cidade do interior do estado do Rio de Janeiro, onde 180.000 pessoas moram, a conjuntura do local era pra ser diferente. Ainda não podemos dizer "foi-se o tempo em que os cariocas fugiam do Rio para morar na tranquila Friburgo", mas também não vivemos mais num local tão calmo assim. Até porque, as estatísticas apontam aproximadamente um carro para dois friburguenses.
   As soluções para apaziguar a situação da cidade na teoria não parece tão complicado: as pessoas poderiam se organizar para fazer esquema de caronas; mais indivíduos utilizando o transporte público e a locomoção a partir de transportes não-motorizados. No entanto, em uma rotina tão corrida que os friburguenses enfrentam, fazer o uso de caronas e largar mão de seus confortos é bem improvável que aconteça. Já o transporte público... bom, este é uma verdadeira piada. Sempre atrasados, lotados, sem segurança, muitos literalmente destruídos e um precinho maravilhoso: R$ 2,60. Mas acalmem-se, não criemos pânico! R$ 2,60 é só para a ida. Ainda tem mais uma tarifa para a volta de nossos destinos. E o transporte não-motorizado? Ahhh... "isso é coisa que só falam nada tv!".
   E para mostrar para diversas pessoas que transporte não-motorizado não é apenas "coisa que falam na tv", Nova Friburgo contará com um evento com o intuito de chamar a atenção de todos, mas não de "parar a cidade", como muitos organizadores de eventos falam. Vem aí, a Bicicletada de Nova Friburgo, um manifesto para defender os espaços da bicicleta na cidade.

Confira abaixo a programação do evento, como participar e mais detalhes da bicicletada:

- Data: 27 de junho
- Hora: 17:30
- Local: Praça Getúlio Vargas - Chafariz -, Centro

  • Chamada do evento

"Com a Faol cobrando R$2,60 por um serviço ruim e o combustível caríssimo, pelo qual paga-se quase R$3,00 por litro de gasolina, fica caro transitar por Nova Friburgo, seja de ônibus ou de carro.

Além disso, ninguém gosta de esperar longos minutos por um ônibus que quase sempre chega lotado, nem de pagar quase R$3,00 reais por litro de gasolina e ainda levar 40 minutos para percorrer um trajeto que normalmente levaria 6 ou 10 minutos.

Por isso deve-se optar pelo uso da bicicleta, a qual traz não só benefícios financeiros e ambientais, mas também à saúde. Segundo o fisiologista Paulo Zogaib, da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo), "andar de bicicleta reduz o colesterol, a pressão arterial, ajuda a controlar o diabetes e diminui o risco de doenças coronarianas, além de contribuir para a redução da obesidade e fortalecer os músculos dos membros inferiores".

Mesmo não existindo muitas ciclovias em nossa cidade, e com muitos outros prós e contras, deve-se optar pelo uso da bicicleta. Ela é barata, rápida, saudável e muitas vezes mais rápida que esperar um ônibus ou ficar parado no trânsito.

Obs: Este não é um evento para ter um encontro marcado em um local, e sim um movimento para que a gente mude alguns de nossos hábitos."


  • Comentários de pessoas que já confirmaram presença no evento pelo Facebook

Irene Blanck: "Surge, então, a preocupação com a vida dos ciclistas. A construção de mais e melhores ciclovias unindo Conselheiro, São Jorge a Olaria, Cônego, Centro a Debossan, e outros trajetos."

Pedro Albani Martins: "Concordo que a cidade não suporta mais carros. Por isso, andar de bike pode diminuir o numero de veículos transitando ao mesmo tempo em Friburgo. Também concordo que andar de bicicleta nesse transito tem um certo perigo, mas andar de moto também é perigoso e muitos andam, certo? Se pensarmos bem, até o pedestre que atravessa uma rua fora da faixa (quem atravessa na faixa de pedestres também) corre o risco de ser atropelado."

Layane Duarte: "Movimento apoiadíssimo."

  • O evento no Facebook

Clique aqui e confirme a sua presença no evento Nova Friburgo de Bicicleta pelo Facebook. Não se esqueça de convidar os seus amigos!


Comentários

Postar um comentário

Deixe aqui o seu comentário sobre a matéria. Evite comentários em anônimo. Favor se identificar.

Palavrões e insultos não serão aceitos.

Publicações mais lidas

Cachoeiras São José e Indiana Jones

Pedra Aguda - Bom Jardim / RJ

Pico da Caledônia