Um herói em desenho: Alarico Moura, o Ala Bikeman, em cartoon

Desenho criado por Jony Painéis
A lenda Alarico Moura, agora em Cartoon
Alarico Moura é um atleta de mountain bike. Por onde passa, vira figurinha carimbada. Muito conhecido pelo Brasil inteiro, desperta curiosidade entre as pessoas e vira exemplo para quem não está satisfeito com a vida.

Deficiente há 30 anos, Ala não possui a perna esquerda, e mesmo assim dá um jeitinho, para não falar jeitão, de enfrentar diversos obstáculos de sua vida, inclusive os morros que ele e sua bike tem pela frente. Com uma bicicleta totalmente adaptada e bancada por uma loja especializada do Rio de Janeiro, ele nunca fica parado. Está sempre treinando e participando de provas pelo país, vivendo da maneira que gosta, curtindo uma vida totalmente saudável e feliz.

Confira abaixo uma reportagem que fiz sobre o Alarico Moura na Montanha Cup 2011 e conheça um pouco mais deste guerreiro.

Há dois anos sofreu um grave acidente enquanto pedalava. Após derrapar, foi jogado contra a parede e caiu de uma altura de mais ou menos cinco metros. Quebrou alguns dentes e sofreu uma certa paralisia no lado direito do corpo, justamente o lado em que possui uma perna. Para muitos, Ala não voltaria mais a pedalar. Mas, novamente, deu provas de que não há o que ou quem possa segurar este JOVEM. Com uma recuperação absurda, surpreendeu todas as expectativas de seus médicos e, aos poucos, vai voltando a sua vida radical.

Ala em sua bike - Foto: Mathews Puga
Após concluir a prova da Montanha Cup, Alarico, em entrevista ao Blog do Puga, relata que possuía uma vida totalmente desregrada e dependente química, até que o esporte deu-lhe uma oportunidade de virar esse jogo. "Eu entrei no esporte, ganhei uma saúde fantástica, com 66 anos estou conseguindo brincar aqui. Com uma deficiência física eu não vejo nada diferente, eu vejo que eu consigo correr nesse chão, olhando a terra, olhando a floresta, o ambiente, o que a gente tem que preservar do nosso planeta. Me sinto muito feliz em completar, apesar de ter tido uma colher de chá, o Orlando e a Organização deram uma abreviada no percurso, mas terminei e isso me trás uma gratificação incomparável."
Alarico no pódio da Montanha Cup - Foto: M. Puga

Ao ser perguntado se no próximo ano estaria de volta em Friburgo para participar da prova, Ala se animou: "Com certeza, esse é o começo de uma nova saga!".

O Bikeman possui grandes projetos sociais e dá palestras de norte à sul do país. Diz-se muito feliz por poder ajudar as pessoas e sente-se muito especial para aqueles que precisam de alguém. Um dos momentos em que mais gosta é quando visita as prisões no fim de ano. "Os presos prestam atenção e gostam do meu jeito. Eles riem do meu modo de falar, adoram. Dizem muitas vezes que são poucos que fazem o que eu faço pela sociedade e me agradecem."


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Cachoeiras São José e Indiana Jones

Pico da Caledônia

Refúgio Pedra Aguda