"Brasil fica em quarto lugar no Campeonato Mundial Sênior de Rafting"

"Nos últimos anos é inegável o domínio do Brasil no rafting mundial ao conquistar consecutivamente dois campeonatos mundiais e fazer da bandeira brasileira a mais respeitada na modalidade. Depois dos resultados, o Brasil passou a ser referência no esporte e o adversário a ser batido nas competições internacionais.

Foto de divulgação: 360 Graus - Terra
Na última edição do evento, que aconteceu neste fim de semana na Costa Rica, a equipe brasileira viu de perto o crescimento técnico dos adversários e o time japonês conquistar o Campeonato Mundial Sênior de Rafting. Ainda na Costa Rica acontece nos próximos dias, de 12 a 16 de outubro, o Campeonato Mundial Júnior de Rafting e o Brasil participa do evento.

O Brasil liderava a competição nos primeiros dias com o primeiro lugar conquistado na prova de Tiro, contudo os resultados no Head to Head (12º) e no Slalom (13º) foram decisivos na luta pela liderança do campeonato. 

Foto de divulgação: 360 Graus - Terra
Na última prova da competição, Descenso, o Brasil voltou a mostrar um bom resultado (2º), contudo não foi suficiente para conseguir alcançar os japoneses que se sagraram campeões do evento com a soma de 891 pontos. Em segundo lugar geral ficou a equipe da República Tcheca com 750 pontos, em terceiro a Eslovênia com 685 pontos e o Brasil em quarto lugar com 683 pontos.

No feminino as tchecas sagraram-se campeãs com 841 pontos, seguidas pelo time do Japão com 780 pontos e da Holanda com 763 pontos. As brasileiras ficaram na 12ª posição com 489 pontos.

A equipe brasileira foi composta por Lucas da Silva, Samuel de Almeida, Antônio Salvatti, Jonatan de Brito, Fábio Lourenção, Rafael da Cruz e Angelo Degrandi. No feminino são as atletas Ana Carolina Souza, Ana Cecilia da Silva, Graziela Soares, Marina Rolon, Rebeca Souza, Juliana Vancini e Iracema Braun.

Como são disputadas as provas de Rafting

Um campeonato de rafting consiste em quatro provas somando 1000 pontos. No primeiro dia, acontecem duas provas: Tiro valendo 100 pontos e Sprint valendo 200 pontos. No segundo dia é disputada a prova de Slalom valendo 300 pontos e no terceiro dia a prova de Descida valendo 400 pontos. O vencedor é aquele que acumula a maior quantidade de pontos na soma das quatro provas."

Fonte: Terra

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pico da Caledônia

Descobri as aldeias da Galícia de onde vêm os Pugas

Refúgio Pedra Aguda