Pedra do Imperador

Também conhecida como Pedra do Elefante, a Pedra do Imperador foi o meu destino e do meu primo Marcelo Puga.

É um trekking rápido, cerca de meia hora à 40 minutos da base da pedra até o topo. Demoramos mais tempo para chegar à base do que para subir a pedra.

Um ótimo local para os praticantes de escalada em bloco, os conhecidos boulders. Uma grande barreira deslizou pelo local, mas com sorte, passou bem próximo do local, ao lado, sem atingir os principais blocos.

Pedra do Imperador



Começamos a nossa caminhada rumo ao topo. O caminho é artificial, feito de pedras. Há uma estrutura no topo com várias torres de comunicação, se não me engano parte pertence à Petrobrás, por ter uma localização estratégica com o Pico da Caledônia, mas não tenho certeza.






Pretendendo Viajar? 
Vá com a AFCC Aventuras. Descontos especiais para Leitores Blog do Puga
Informações: mathewspuga@afccaventuras.com.br


Chegamos ao topo, clima agradável, bela imagem da cidade de Friburgo, principalmente do bairro de Olaria e das montanhas e vales. Fizemos um lanche e descemos para ver a situação dos boulders.

Pedra das Duas Pedras

Chapéu da Bruxa

Pedras da Catarina

Pico da Caledônia

Nova Friburgo

Na hora de lanchar, tivemos um acompanhante.


A situação dos boulders está "tranquila", é possível chegar ao local com tranquilidade e treinar. Fotos ao lado dos blocos.




Assim terminou o passeio de hoje. Um abraço a todos, até a próxima. 

Vídeo



Mais fotos:



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pico da Caledônia

Cachoeiras São José e Indiana Jones

Três Picos de Salinas